Domingo, 21 de Abril de 2019

Wagner Araujo

Estudante de Publicidade e Propaganda, que acompanha sempre novidades na Websfera, músicas, programação cultural e notícias do Brasil e do mundo

Ver todas as colunas

A Importância da Meditação nas Religiões Orientais



meditação oriental

As religiões orientais hoje são cada vez mais difundidas no Brasil. O budismo, por exemplo, chegou em nosso país no início do século XX com a vinda dos imigrantes japoneses, e hoje é amplamente difundida em quase todo o território nacional. Uma grande prova disso é a existência do Templo Zu Lai, considerado o maior templo oriental da América Latina. E fica bem perto de cidades como Sorocaba e São Roque (na altura do KM 18,5 da Rodovia Raposo Tavares).

A meditação no budismo

Para os budistas, é essencial a prática das técnicas meditativas. Isto porque a meditação segundo sábios e estudiosos orientais é a chave para alcançar a iluminação. Que forma melhor de alcançar a sabedoria do que meditar sobre nossas ações e atitudes, ou mesmo limpando a mente e deixando de lado qualquer pensamento negativo?

A meditação está presente nos três treinamentos (ou trini shikshani) com o objetivo de nos libertar da ilusão do mundo material: A moralidade, a meditação e a sabedoria.

Meditação hinduista

Já os hinduistas buscam a meditação como forma de livrar a alma do chamado tríplice do sofrimento: as doenças físicas, as desarmonias emocionais e a ignorância do espírito. Geralmente na posição de lótus, as pessoas se voltam ao eu interior e buscam maneiras de escapar de todos esses sofrimentos.

Técnicas de Meditação

Recitação de Mantras

Os mantras, frases escrita em sânscrito, são símbolos ou poemas religiosos e têm como base a repetição destas frases. Não necessariamente em sânscrito, inclusive muitos utilizam qualquer frase comum como forma de atrair as energias presentes na frase entoada.

Normalmente, os religiosos buscam formas de recitar estes mantras 108 vezes (número sagrado na tradição védica). Para facilitar a contagem, muitos utilizam um acessório chamado japamala, que focaliza as energias e facilita a contagem dos 108 mantras.

Meditação na posição da Flor de Lótus

Técnica simples mas que exige muita concentração e entrega por parte de quem vai meditar. Sentado na posição de lótus, inspire e respire com calma e fique atento a todos os movimentos do seu corpo, sobretudo na respiração. Aos poucos, a sensação de relaxamento e conforto tomará conta do corpo.

Estas são orientações para se alcançar uma vida melhor e saudável, além de ajudar na conquista da sabedoria e do verdadeiro conhecimento do eu.












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.